Páginas

sexta-feira, 16 de abril de 2010

Olhos azuis sem fumaça.

Como pode, o teu olhar no meu...
Quanto pode o teu olhar no meu?
Quanto posso quando teu olhar é meu?
Quando o meu olhar é meu?

Quando olhamo-nos e somos nós?
E somos sós?
Quem fomos enquanto permanecíamos?
Poeta Eterno

sexta-feira, 2 de abril de 2010

O que nos pertençe - Saramago e eu

Fiz um adendo ao post: Verdades Saramago

Quem sou para completar o que diz Saramago?
Ninguem, e você que é?

" (...) não há no mundo nada que em sentido absoluto nos pertença."

Saramago
Até mesmo nós, que pensávamos possuir-nos, perdíamo-nos constantemente de quem éramos.
Poeta Eterno

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin