Páginas

domingo, 21 de dezembro de 2008

Onde me encontro hoje?

Hoje, podem me encontrar incondicionalmente aqui:
http://parceriaepoesia.blogspot.com/

terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Certas palavras são tantas... (Palavras Silenciosas)

Certas palavras são tantas... (Palavras Silenciosas)

Certas palavras na retidão da boca, sua prisão, são tantas palavras e quantas palavras e por tantos caminhos tentam se fazer (...) Certas palavras são melhores caladas e se Deus as fizesse aladas, tantos iram morrer.
Certas palavras não devem ser palavras, e estas pequenas, permanecem; as vezes irônicas, as vezes arquitetadas no intuito de desequilibrar; certas palavras permanecem ou deveríam permanecer... silênciosas.
(...)
Poeta Eterno
Retalhos de pensamentos

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Despeço-me...

Despeço-me...
porem não quero
não quero ausentar-me
não por muito tempo
mas o tempo onde vou
não é como aqui
Retilineo,
posso então
voltar antes de ir
a meu dispor...

Despeço-me...
porém não quero
me ausentar de mim
não desejo entretanto
apagar qualquer que seja
o pranto, a dor...
porque do amor são companheiros
e o tiro vai certeiro ao coração.

Despeço-me...
mas não quero dizer adeus
não ouso
despeço-me impreterivelmente
pela ultima vez
para voltar a mim
antes de partir.
Parto,
fugindo desse eu
Que hoje sou.

Poeta Eterno

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin