Páginas

sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Falar x mentir - Clarice Lispector / Citação - Orpheus Julianov

Por te falar eu te assustarei
e te perderei?
Mas se eu nunca falar
eu me perderei,
e por me perder
eu te perderia.

Clarice Lispector


Um espaço à um grande amigo, ausente, porem amigo:
Sonho eu bebo feito remedio fosse: religiosamente, todos os dias.
Orpheus Julianov

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Rita Apoena

Quando você se sentir sozinho, pegue o seu lápis e escreva. No degrau de uma escada, à beira de uma janela, no choro do seu quarto. Escreva no ar, com o dedo na água, na parede que separa o olhar vazio do outro. Recolha a lágrima a tempo, antes que ela atravesse o sorriso e vá pingar pelo queixo. E quando a ponta dos dedos estiverem úmidas, pegue as palavras que lhe fizeram companhia e comece a lavar o escuro da noite, tanto, tanto, tanto... até que amanheça.

Rita Apoena.

Ahhh, Rita, queria que tudo terminasse como um poema seu... em especial, que tudo acontecesse como neste poema... Quantas noites ja não lavei bem assim como dissestes.

segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Clarice Lispector - Sobre o mundo

"Amanheci em cólera. Não, não, o mundo não me agrada. A maioria das pessoas estão mortas e não sabem, ou estão vivas com charlatanismo. E o amor, em vez de dar, exige. E quem gosta de nós quer que sejamos alguma coisa de que eles precisam. Mentir dá remorso. E não mentir é um dom que o mundo não merece..."

Clarice Lispector

Verdades - Saramago

"(...) a voz é a vista de quem não vê"

Saramago

terça-feira, 20 de janeiro de 2009

domingo, 18 de janeiro de 2009

Verdades - Saramago

"Eu não quero dizer que cada um é conforme nasce; não vou a esse ponto. Mas, talvez devêssemos ponderar por que algumas pessoas resistem ao comportamento (digamos universal -- o modo de comportasse mais geral) e outras não? Por que algumas pessoas mantêm uma atitude crítica em relação às coisas? Por que algumas pessoas acham que não é por fato das coisas serem novas ou modernas que elas são necessariamente boas? Isto não é defender o antigo, é simplesmente considerar que não tem nenhuma razão para acreditar que no momento em que estou a viver é o momento em que todas que se estão a fazer, as de agora e as que vão ter efeitos no futuro; são as únicas e as melhores que poderiam estar a se feitas e a ser pensadas, imaginadas e aplicadas. Não tenho qualquer razão para isso, pelo contrário, tenho muitas razões que me dizem que nos tomamos por um caminho errado."

José Saramago

sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Verdades - Saramago

Como podem ser cegos os humanos, tão "Cegos que vendo não veem"?

Saramago
Me sinto na obrigação de explicar a sequencia de pequenos trechos Saramaguianos no meu blog, na verdade não é falta de textos meus não, ja havia selecionado alguns do primeiro registro (bem la de longe) para a postagem, mas de repende, iniciei a leitura de um dos livros dele e foram pipocando arrepios com certas frases, e estas, exatamente foram as que eu desenhei em uma folha diferente da minha agenda, acidentalmente atribuindo a elas uma data... foi tudo sem motivos, so transcrevi para poder ler com mais calma e refletir, afinal, a biblioteca fecha as 17:00 e as 16:30 ja há um certo reboliço em torno da saída dos leitores para que todos possam ir embora...
Então, acabei postando aqui as frases... mas o mais interessante é a comunicação que estas frases tem estabelecido com meu dia-a-dia, eu ja sabia da magia presente nos escritos de Saramago (que por sinal nunca havia lido com afinco), mas acredito que seja a primeira vez que lhe atribuem o título de profeta.
Sim!! é o que ele tem feito com meus dias, profetizado como foram... tenho lido a cada noite um verso, e este, se enquadra eterna e intensamente no que vivi no dia que passou.
Pois bem, não espero que seja algo especial pra qualquer leitor, pra mim já é. E para aqueles que não desejarem ler todas estas bobagens, bem, acredito que nem preciso dizer pois so lerão a primeira frase...
Mas precisava dizer que não fiquei de repente seco... se estas frases estão aqui, representam algo intenso...

quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Verdades - Saramago

"O medo cega, (...) já éramos cegos no momento em que cegávamos, o medo nos cegou, o medo nos fará continuar cegos"

Saramago


Fiquei com vontade de dizer que mais vale UM sonho inventado e puro de uma criança, que toda a realidade mais maravilhosa.

segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

Verdades - Saramago

" (...) não há no mundo nada que em sentido absoluto nos pertença."
Saramago
 Adendo feito em 02/04/2010:

Até mesmo nós, que pensávamos possuir-nos, perdíamo-nos constantemente de quem éramos.
Poeta Eterno

quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

terça-feira, 6 de janeiro de 2009

Trechinhos

Os olhos que não conseguem continuar a vigilia diaria e a perna esquerda, compadecida, acolhe a direita que sobre ela se acomoda.
Seus braços são do chumbo mais pesado e do confortável colchão donde repousa todo o resto não conseguem se desprender.
E como se nada mais funcionasse em si, além de uma consciencia plena do que ha la fora.
No beco, a ausencia de luz e da mais remota presença humana causa arrepio.
Aquele corpo inerte, tem seus sentidos atiçados e percebe tudo que lhe rodeia, como se aquele ser um sopro da consciencia divina tivesse roubado.
A lacuna, que hora se estabelecia em sua percepção agora se preenchera e completava um ser que inerte, movia-se em direção a si mesmo.

Poeta Eterno
Trechos

domingo, 4 de janeiro de 2009

Pequeno trecho de um conto

(...) O silêncio da sala ainda por escurecer era momentaneamente cortado pelo regular tilintar das xicaras de chá, algumas vezes desencadeado no intuito de desfazer o silêncio ritualistico e entediante que se estabelecia quando a preocupação se concentrava na temperatura do chá, se deveria ser tomado com limão ou com leite e até mesmo na sutil apreciação do sabor divino que vasava à xícara (...)

Poeta Eterno
Trechos interessantes

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin