Páginas

quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Verdades - Saramago

"(...) a voz é a vista de quem não vê"

Saramago

5 comentários:

Marcos Satoru Kawanami disse...

"...a voz é a vista de quem não vê." tudo bem, eu entendi.

Agora, tu me pede explicação para: "Para tão grande amor tão curta a vida."? Foi uma hipérbole do Camões, né?

Ki bom que tu se identificou com minha paródia! Briguets!!!

Tatiana disse...

Profunda e bela a frase...Gostei!

Um abraço carinhoso

pin gente disse...

e as mãos (talvez muito mais)...


abraço

Diogo Caceres disse...

Interessante a frase... algumas vezes qdo não entendemos as pessoas ou situações que as envolvem, deixamos nossas palavras descreverem o q ñ é bem a realidade!! Nem sempre possuimos a visão bastante justa p/ "enxergar", apenas vemos!!!
Muito legal seu blog, parabens!! Abraço e tudo de bom!!!

Reflexo d'Alma disse...

No filme ha um momento que essa frase é totalmente clara:a unica pessoa que vê ali no isolamento em que se encontram os contaminados , é registrada e reconhecida por um unico cego de nascença...
Perfeita a frase.
"(...) a voz é a vista de quem não vê"

Saramago

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin