Páginas

sábado, 31 de março de 2007

A lua que não me deixam ver

A lua que não me deixam ver

Sim, é linda a lua,
A que me deixam ver,
Que não é sempre minha,
E nem ela tem meu olhar,
Quando não a posso ver.

É um olhar afastado que temos,
Um diálogo calado,
As sombras de dúvida
Do que se não pode dizer.

É linda a lua, esta,
A que me deixam ver,
Mas não será mais linda a outra,
A de quando não vejo?

É por isso, que a lua linda,
Não basta pra mim,
Porque é linda, mas não é toda,
O que eu vejo, não é tudo.

Não tem ela tudo de nós,
A lua que vejo, não é a mesma todos os dias,
O que se mostra de mim pra lua,
Não é o mesmo sempre.

Me agrada a lua que me deixam ver,
Mas me atrai ainda mais a que não vejo,
É linda a lua que me deixam ver,
Mas não se escondem em outras noites,
Luas mais lindas e grandiosas,
Que a lua que me deixam ver?


ღ.Røså.ღ

Nenhum comentário:

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin